Robert
Sarados NF7
Craque da Super Liga 2017
   
  Estréia da Série Ouro com campeão perdendo por W.O
  Neste sábado (14) o pontapé inicial para a Série Ouro de 2015 foi dado com resultados inesperados.
   
  Data: 19/03/2015
Essa notícia foi lida 338 vezes
   
  O regulamento mudou um pouco esse ano, antes de costume com 14 participantes, essa edição conta com 12 equipes, separadas em 2 grupos, passam os 4 primeiros de cada grupo para as quartas de finais e consequentemente os 2 últimos de cada grupo serão rebaixados para a Série Prata de 2016. O jogo que abriria a competição seria Vinde Adorai e Escolhidos, mas como o Vinde Adorai não apareceu na hora e no local marcado para o jogo, os 3 pontos foram para os Escolhidos, que já largam na frente no grupo. A outra partida realizada do grupo A foi entre Sal e Luz e Vivendo em Graça. O Sal e Luz que estreava na Série Ouro depois do título da Série Prata do ano passado queria mostrar que não veio somente para figurar na elite. O primeiro tempo de jogo foi muito igual com as equipes se estudando muito durante toda a primeira etapa, poucas chances de gol foram criadas e as que foram não foram aproveitadas por ambas as equipes. Com tanta cautela de ambas as partes, o resultado da primeira etapa não poderia ser outro a não ser o placar inalterado. Na volta do intervalo, as equipes tiveram em mente que com somente 5 rodadas na primeira fase, toda vitória é um grande passo para a classificação, com isso abriram mão da postura mais defensiva e lançarem-se mais ao ataque. Com o Vivendo em Graça um pouco melhor nessa volta do intervalo, a leve superioridade não demorou a ser demonstrada no placar. Lucas Vieira colocava o Vivendo em Graça na frente logo no início da etapa complementar, e em uma jogada rápida de contra-ataque Manú ampliava o marcador. O Sal e Luz precisava se arriscar e colocou o time na frente. Aos 19’ Willian Ozorio perdeu um gol inacreditável em que já tinha até passado do goleiro, mas na continuação do lance escorou um cruzamento e diminuiu o placar. Aos 24’ quando parecia que o jogo estava decidido, novamente Willian Ozorio apareceu e empatou o jogo para o Sal e Luz e não tinha tempo para mais nada. Willian foi de vilão a herói em cinco minutos e no mesmo espaço de tempo o Vivendo em Graça deixou escapar uma vitória que parecia certa. Com o resultado melhor para a equipe do Escolhidos que até a próxima rodada é líder isolado do grupo.  
     
 
  O encontro dos vice-campeões do ano passado marcou a abertura do grupo B. Geração Aliança (vice da Série Ouro) enfrentou o Alvorada (vice da Série Prata) no que muitos esperavam que fosse o grande jogo da rodada. O Geração sempre com a mesma base forte e competitiva, em que sempre chega nos momentos decisivos dos campeonatos contra um Alvorada que manteve a base do time que foi bem na Série Prata ano passado, com contratações pontuais para a melhora do time, mas o equilíbrio só durou 7 minutos. O Alvorada começou até bem, com 1’ Taylon abria o placar para o Alvorada, mas não deu nem tempo para comemorar pois na saída de bola Yurig empatava para o Geração. E depois disso o que se viu foi um apagão do time do Alvorada. Em apenas cinco minutos depois do empate, o Geração Aliança já vencia o jogo 5x1 com mais 3 gols de Yurig e 1 de jacaré. Foi quase um gol por minuto o que deixou a equipe do Alvorada totalmente desnorteada e perdida no jogo. Tentavam de todas as formas reagir, mas nos contra ataques ficavam expostos e o Geração levava perigo ao goleiro Vinícius. O que restava era torcer pra acabar o primeiro tempo o mais rápido possível, e o Geração Aliança que não tinha nada a ver com isso continuou fazendo o seu jogo e demonstrando total respeito ao adversário, jogando sério e com objetivo, jogando pra cima, tanto que Lucas Alves, Marcio Elísio e Mizinho ampliaram o placar ainda no primeiro tempo. Na volta para a segunda etapa o jogo deu uma desacelerada, o Alvorada se acertou um pouco mais e o Geração Aliança esperava para tentar fazer mais gols em contra-ataques fulminantes. O Alvorada melhorou, mas ainda pecava na marcação, entanto mesma com toda dificuldade Gago e Dayvid marcaram para o Alvorada, o problema e que também tomaram dois Fabinho e Rafael Pereira fecharam o placar a favor do Geração. No final 10x3 pro time do Portão do Rosa que larga na frente no grupo B. Ao vermelho e branco resta acertar, porque as 4 rodadas restantes serão literalmente de decisão para a equipe caso queiram seguir até o título.  
     
 
  Pra fecha a rodada de abertura, Apostólico e Terra da Promessa protagonizaram um “replay” da disputa do terceiro lugar do ano passado e novamente a equipe do Rio levou a melhor. O Terra da Promessa se mostrou melhor e mais organizado em toda a partida, mas no primeiro tempo esbarrou na boa marcação da equipe do Apostólico. Mesmo com mais volume de jogo e mais incisivo nos ataques, a equipe do Terra da Promessa só conseguiu abrir o placar no final da primeira etapa com Salgado. O Apostólico tentava mas pouco conseguiu criar perigo na primeira etapa. No segundo tempo o panorama da partida pouco mudou, o Terra da Promessa continuava melhor em campo, mas o Apostólico precisou se lançar mais ao ataque para conseguir reagir na partida, mesmo melhor que na primeira etapa, levava pouco perigo a equipe adversária que estava bem postada, com isso foi questão de tempo para o Terra da Promessa ampliar com Batista França, e em um contra ataque mortal Bebeto colocou 3x0 no placar e a certeza que os 3 primeiros pontos já estavam garantidos, no final da partida Jefferson (GG) descontou para o Apostólico, mas já era tarde para conseguir uma reação e o placar final foi mesmo 3x1 para o Terra da Promessa.  
     
     
   
 
© Copa Cristã - Todos os direitos reservados. by 5L informartica